Experiências locais são foco para o turismo na Beira Baixa

No comments yet
experiências locais em alojamento local em segurança

experiências locais em alojamento certificado com selo de segurança

A recuperação para o sector de actividade do turismo em Portugal será lento e passará pela maior preferência de espaços mais reservados e não massificados, turismo rural e alojamento local, obtendo claramente a preferência por parte do turista pela experiência local em busca da autenticidade na Beira Baixa?

A disponibilidade para a realização de experiências locais são tendências há muito referenciadas pelas publicações de pesquisa sobre as preferências do consumidor e hoje tornam-se factor de referência em realização para o turismo rural na Beira Baixa, a avaliar pelos significativos 25,7% que representa o alojamento local em potenciação no turista em busca pela autenticidade.

Respostas do sector do turismo em recuperação

O recente artigo publicado no facebook da Viagens e Resorts sob o título “Afinal, o que é melhor: alojamento local ou hotel?”, aponta referenciais desta tendência das escolhas dos turistas e de ler neste período de retoma económica no sector.

Em resposta sobre o que leva ao crescimento do sector do alojamento local e comparado com o hotel, a partir de dados do passado recente, as experiências locais, de viver como os locais são factor de preferência para o turistas escolherem destinos turísticos como os da Beira Baixa.  Então o que e por que se espera?

Neste lapso de tempo devido à pandemia gerada pelos efeitos do Covid-19 na sociedade, severamente sentidos no interior de Portugal mais na perspectiva económica que sanitária, diferenciando-se no contexto do país e superado pelo território do Alentejo,  a Beira Baixa poderá revelar vantagens percebidas pelos turistas pelas características das suas unidades de alojamento e por apresentarem experiências locais mais genuínas? Parece que sim! Mas como o fazer realçar?

 

experiências locais em alojamento local turismo rural

experiências locais em alojamento local

Experiências locais são factor de diferenciação na Beira Baixa

Entre diversidades distintas da Beira Baixa pela valorização do património industrial e tecnológico, património cultural, património natural patente em duas vertentes, seja o Parque Natural do Tejo Internacional seja pelo Geoparque Naturtejo, pela sua gastronomia e tradições populares, a Quinta dos Trevos inclui as experiências locais desenvolvidas no seu espaço a acrescer ao possível vivenciar dos hóspedes no território, em segurança.

Será de acordar deste período de prevenção e letargia para uma acção mais expressiva das experiências locais no desenvolvimento de produtos e serviços turísticos para a Beira Baixa, que façam realçar no valor percebido pelo turista o potencial deste factor de referência e preferência, tornando-se distintivo e superlativo para as unidades de turismo rural e alojamento local, dos espaços de acolhimento da Beira Baixa e do turismo do centro de Portugal.

Do entendimento à realização da experiência turística

Viver temporariamente como uma pessoa local, experimentar como local, sentir e vivenciar como local, conquistar o acolhimento do local e ser valorizado pelo local como pessoa que se interessa pela sua experiência e pela presença humana resiliente neste território, entendê-la de coração, caracteriza a bisca de autenticidade pelo turista que passa além da teorização e das estatísticas, de um número no panorama do turismo.

O conjunto de emoções permitidas pelas experiências locais fazem do alojamento local um espaço de eleição para estar em segurança e fazer passar nas suas mensagens de marketing e comunicação, nas suas mensagens nas promoções, falta agora fazer disto o seu foco, pelo que relevará melhor o conjunto de experiências locais como factor de preferência pelo turismo rural e o alojamento local da Beira Baixa.

A oportunidade de fazer diferente na comunicação de marketing alargada e específica de cada unidade de alojamento local passará agora por valorizar mais a possibilidade do turista poder alcançar as experiências locais de uma forma segura e de acordo com as recomendações das entidades responsáveis são factor de referência neste momento para o turismo rural na Beira Baixa.

experiências locais em segurança

experiências locais em segurança

Terão acrescida importância nas experiências locais os eventos e as caminhadas e passeios interpretativos, de preferência com guias locais, de assinalável e relevante conteúdo, focados neste encaminhar do turista para aprender a língua e a comunicar, para se familiarizar mais e interagir com as pessoas locais, saber ouvir as suas histórias, os contos e as lendas, o seu expressar pitoresco e geito de expressão, do que curiosidades baseadas em números ou fenómenos de mera curiosidade académica, se bem que possuir informação fidedigna seja valorizado pelo turista.

O balanço do custo-benefício será então mais claro e sobrevalorizado para o turista que opta por obter experiências locais num alojamento, turismo local ou alojamento local, uma vez que as “interacções pessoais estão a ganhar cada vez mais importância para os clientes”, numa claro apontar caminho para os hóteis, segundo o autor do artigo; “os clientes querem ser únicos e sentirem-se em casa, como locais, quando viajam.

Algumas ofertas disponíveis de alojamento local proporcionam essa “sensação de sentir-se local”, reforça, “podendo explorar mais as emoções positivas criadas por via da autenticidade da experiência e das interacções sociais”. O que é válido para a hotelaria em geral e as cadeias de hotéis em particular, será de dar ainda maior destaque nesta etapa de sair do zero e dos flagelos económicos da pandemia.

Quer saber mais sobre as notícias da Quinta dos Trevos – turismo ruralartes e ofíciosas experiências disponíveis para os hóspedes, a sua história, a sua produção de artesanato, ver fotos ou obter mais informações, para efectuar reservas, orçamentos ou encomendas de peças artesanais, envie-nos um e-mail clique aqui

Se gostou deste artigo ou dos conteúdos do site da Quinta dos Trevos – turismo rural, artes e ofícios, insira a sua distinção na nossa página do facebook ou partilhe nas redes sociais.

Partilhe nas redes sociais:

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.